DestaqueNewsNotícias

Campanha contra violência estrelada por Naiara Azevedo ganhou prêmio


Em 2018, a cantora Naiara Azevedo participou de uma campanha contra a violência à mulher, desenvolvido pelo Ministério de Direitos Humanos (MDH). A artista canta a música Coração Pede Socorro e aparece em um videoclipe publicado nas redes sociais. A ação publicitária venceu o tradicional Festival de Publicidade de Cannes no ano seguinte.

Gustavo Rocha, que comandava o MDH em 2018, festejou o prêmio à época. “Ficamos felizes pelo reconhecimento desta nossa luta para superar essa triste realidade de violência contra a mulher. Melhoramos as leis de proteção e aperfeiçoamos os canais de denúncia para que essa ação não seja inglória”, afirmou. Atualmente, o ex-ministro é secretário da Casa Civil do Distrito Federal.

A criação da campanha é da Artplan e divulga o canal de denúncia, 180. Lançada pela cantora sertaneja Naiara Azevedo, a música Coração pede socorro possui uma letra ambígua: os versos parecem ser de amor, mas na verdade são sobre violência.

Caso de violência doméstica

Segundo a colunista do Metrópoles Fábia Oliveira, Naiara Azevedo denunciou o ex-marido, Rafael Alves Cabral, por violência doméstica na madrugada da última quinta-feira (30/11), além de pedir uma medida protetiva contra ele.

Ainda de acordo com Fábia Oliveira, no boletim de ocorrência, a artista contou que tudo começou quando estava preparando os equipamentos para o próximo show e o material foi retirado: “Embora tenham se separado, a declarante [Naiara] e Rafael continuaram sócios em equipamentos que são por ela utilizados em seus shows. Desde 2021 (quando se divorciou) ela vem tentando separar seu patrimônio do patrimônio de Rafael, porém, até a presente data não foi feita a partilha de bens”, começou o relato.


0

A cantora relatou ainda como foi o desenrolar da situação: “Hoje [quinta-feira, 30/811] a carreta usada nos shows estava sendo preparada para amanhã ir a um show e ela soube que seu ex-cunhado, Fernando Alves Cabral, determinou que fossem retirados do veículo todo o backline, o equipamento de luz, o equipamento de led/luz, fogos de artifício e CO2 e outros equipamentos”, detalhou o registro, antes de completar:

“A declarante esclarece que todos esses equipamentos pertencem a ela e a alguns sócios, dentre eles seu ex-marido e seu ex-cunhado, acima citados. Os objetos foram colocados em um galpão, que foi trancado por Fernando, impedindo-a de usá-los em seu show amanhã. Posteriormente a isso, a declarante recebeu um recado de Fernando no qual ele dizia que se quisesse usar os equipamentos, terá que locá-los, constrangendo-a, portanto, a locar instrumentos/equipamentos dos quais ela também é proprietária”.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WeCreativez WhatsApp Support
Queremos ouvir você! Ajude o Brasília Online a ficar com a sua cara.
👋 Mande sua mensagem, notícia, elogio, reclamação ou dúvida sobre anúncio