Justiça decreta prisão de pedófilo que agia em Brazlândia

Um homem acusado de guardar 60 mil arquivos de pedofilia teve a prisão preventiva decretada pela Vara Criminal e Tribunal do Júri de Brazlândia, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).

O pedófilo é responsável pelo estupro de pelo menos quatro adolescentes do sexo masculino, de acordo com a apuração policial. Todos teriam sido aliciados da mesma maneira.

Segundo investigação da Polícia Civil do DF (PCDF), o pedófilo se aproximava de crianças e adolescentes com promessas de dinheiro ou objetos como chuteiras e camisetas de times de futebol. Ele também atraía as vítimas oferecendo-se para jogar videogame com elas. As promessas eram feitas em troca de favores sexuais.

O juiz Olair Teixeira de Oliveira Sampaio atendeu ao pedido da Polícia Civil e decretou a prisão preventiva do pedófilo. A decisão foi publicada nesta terça-feira (28/12).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WeCreativez WhatsApp Support
Queremos ouvir você! Ajude o Brasília Online a ficar com a sua cara.
👋 Mande sua mensagem, notícia, elogio, reclamação ou dúvida sobre anúncio